Impactos das Mudanças Tributárias sobre o Nível de Competitividade no Setor de Energia Brasileiro

Danielle Martins Duarte Costa, Luiz Antônio Abrantes, Marco Aurélio Marques Ferreira

Resumo


Este estudo tem como objetivo verificar os impactos das mudanças tributárias do PIS e COFINS, vigentes a partir de 2002 e 2004, sobre os fatores determinantes do nível de competitividade das empresas de capital aberto, do setor de energia elétrica. A análise multivariada foi utilizada como abordagem metodológica, tomando como referência as regressões múltiplas em painel. Como principais resultados destacam-se a confirmação dos impactos negativos das mudanças tributárias do PIS e COFINS sobre o nível de competitividade econômico e financeiro do setor. O estudo destaca os determinantes do nível de competitividade das empresas. Dentre eles, as variáveis, Margem Bruta, Margem Líquida, Liquidez Corrente, Retorno sobre os Ativos, EBITDA, Intensidade de Capital, Giro dos Estoques Acabados, Tamanho, Crescimento e Geração de Capital estão positivamente relacionadas com a competitividade do setor de energia e as variáveis Tamanho, Rentabilidade do Setor e Perfil do Endividamento de Curto Prazo são inversamente relacionadas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20397/2177-6652/2009.v9i1.231

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2009 Revista Gestão & Tecnologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.