VICS - Visualization of Economic, Social and Technological Information of the Technological Base Ecosystem of the State of Tocantins

Jeferson Morais da Costa, Glenda Michele Botelho, Matheus Almeida Farias da Silva, Ary Henrique Morais Oliveira

Resumo


Theme: Analysis of geospatial data to identify economic, social and technological factors for the structure of implantation of innovative companies of technological base in the State of Tocantins.

Objective: To analyze the impact of economic, social and technological indicators in the process of creating innovative environments for companies of technological base in the context of the State of Tocantins using geospatial data presented in a computer system for visualizing economic, social and technological information called VICS.

Method: The inductive approach was adopted based on the observation of technological factors of innovation references in Tocantins for replication to other potential locations, applying bibliographic research, to survey the state of the existing art, and exploratory, to collect data and discoveries with descriptive and quantitative procedures for the interpretation of the discovered data, resulting in the structuring of the methodology in five stages: search, collection, extraction, crossing and data analysis.

Results: It was identified that economic, social and technological indicators raised in this work influence the emergence and consolidation of favorable environments for the implantation and maintenance of companies of technological base in Tocantins, highlighting that such evidence was obtained through the VICS system, which provides a visual analysis of the geospatial information of the State of Tocantins.

Methodological contributions: Based on the principles of Analysis and Data Mining, a methodology with an inductive approach was developed, which, organized in five stages, favors the design of mechanisms for visualizing indicators, allowing economic, social and technological aspects to be observed and considered in decision making.

Palavras-chave


Companies of Technological Base; Innovation; Indicators; Socioeconomic; Technological

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ANPEI - Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras. (2019). Mapa do Sistema Brasileiro de Inovação. 28 de abril de 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 de outubro de 2019.

Brasil. (1996). Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996. Regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial. Diário Oficial da União.

Carrilo, A. F. (2020). Crescimento Das Startups: Veja o que Mudou nos Últimos Cinco Anos!. ABStartup, 11, fevereiro de 2020. Disponível em: . Acesso em: 20 de fevereiro de 2020.

Cavalheiro, C. M. (2015). Fatores Determinantes para o Sucesso de Startups de TI no Brasil: uma avaliação crítica. Disponível em:. Acesso em 21 de julho de 2019.

Davenport, T. H. (1998). Conhecimento empresarial. Elsevier Brasil. p.237.

Fachin, O. (2001). Fundamentos de Metodologias. Saraiva Educação SA.

FINEP. (2006). Termos e Conceitos. Disponível em: . Acesso em: 15 outubro 2019.

FIRJAN. (2019). Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil. FIRJAN - Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: SENAI.

Freitas, C. M. D. S. et al. (2001). Introdução à Visualização de Informações. RITA – Revista de Informática Teórica e Aplicada, Instituto de Informática. v. 8. p. 143-158.

Gomes, L. F. O., & Tavares, J. M. R. (2011). Percepção Humana na visualização de grandes volumes de dados. In Actas do 10º Congresso Iberoamericano de Engenharia Mecânica (CIBEM 10). Disponível em: , Acesso em: 01 de abril de 2020.

Howkins, J. (2013). Economia Criativa: como ganhar dinheiro com ideias criativas. São Paulo: M. Books do Brasil.

Koeller, P. (2019). ODS 9: Construir Infraestruturas Resilientes, Promover a Industrialização Inclusiva e Sustentável, e Fomentar a Inovação: O Que Mostra o Retrato do Brasil?. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA. Brasília: Livraria IPEA.

Lakatos, E. M., & Marconi, M. A. (2003). Fundamentos de Metodologia Científica. 5.ed. São Paulo: Atlas.

Longo, W. P. (1984). Tecnologia e Soberania Nacional. Nobel - Promocet, São Paulo.

Malhotra, N. K. (2001). Pesquisa de Marketing: Uma Orientação Aplicada. Bookman Editora.

Mattar, J., & João, A. (2017). Metodologia Científica na Era Digital. São Paulo: Saraiva.

Meira, S. (2013). Novos Negócios Inovadores de Crescimento Empreendedor No Brasil. Leya.

Meleiro, A., & Fonseca, F. (2018). Economia Criativa: uma visão global. Latitude, 6(2).

OECD, OSLO Manual. (2005). Guidelines For Collecting And Interpreting Innovation Data. OECD Publishing.

ONU, Brasil. (2015). Transformando nosso mundo: A agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Prodanov, C. C., & Freitas, E. C. D. (2013). Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª. ed. Novo Hamburgo: Universidade Freevale.

Sanmartin, S. M. (2012). Criatividade e inovação na empresa: do potencial à ação criadora. São Paulo: Trevisan.

Saraiva, P. (2015). Empreendedorismo: do Conceito à Aplicação, da Ideia ao Negócio, da Tecnologia ao Valor. 3ª edição. Imprensa da Universidade de Coimbra/Coimbra University Press.

Schwaber, K., & Sutherland, J. (2017). Guia do Scrum: Um Guia Definitivo para o Scrum: As Regras do Jogo. Available (in.)

SEBRAE. (2014). Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira. Brasília: Sebrae.

Startupbase. (2020). Base de Dados Oficial do Ecossistema Brasileiro de Startups. Disponível em:. Acesso em 02 de fevereiro de 2020.

Tocantins. (2019). Perfil Socioeconômico. Portal do Estado do Tocantins. Disponível em: . Acesso em: 12 de novembro de 2019.




DOI: https://doi.org/10.20397/2177-6652/2021.v21i1.1987

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Revista Gestão & Tecnologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.