Uso do Design Thinking para a criação de modelo Canvas e processo voltados à captação de recursos em editais de patrocínio por micro e pequenas empresas

Frederico Cesar Mafra Pereira, Cintya Pereira Soares, Diogo Alberto de Oliveira Reis

Resumo


O presente artigo tecnológico tem como objetivo apresentar os resultados obtidos a partir da intervenção e aplicação do processo inovador do Design Thinking para a construção, de forma adaptativa, de 'Modelo Canvas' e respectivo processo a serem utilizados pelo SEBRAE-MG e por micro e pequenas empresas (MPE) de Minas Gerais com dois propósitos: i) compreender os editais de patrocínio em oferta e; ii) permitir a participação efetiva das MPE nestes editais, visando êxito na captação de recursos. Foram realizadas oficinas de capacitação e concepção com 131 proprietários de MPE participantes de editais de patrocínio, e os modelos desenvolvidos foram aceitos e aprovados por 93% do público atendido. A partir dos resultados alcançados, espera-se que as MPE consigam maiores êxitos nos processos de editais de patrocínio, aumentando o potencial de fomento a projetos inovadores via captação de recursos.


Palavras-chave


Micro e Pequenas Empresas; Editais de Patrocínio; Design Thinking; Modelo Canvas; SEBRAE-MG.

Texto completo:

PDF

Referências


ABCR. Associação Brasileira de Captadores de Recursos. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2017.

Baeck, A., & Gremett, P. (2011). Design thinking. In: Degen, H., & Yuan, X. (2011). UX Best Practices How to Achieve More Impact with User Experience. McGraw-Hill Osborne Media.

Barbieri, J.C. (2003). Organizações inovadoras: estudos e casos brasileiros. FGV Editora.

Bonini, L.A., & Sbragia, R. (2011). O modelo de design thinking como indutor da inovação nas empresas: um estudo empírico. Revista de Gestão e Projetos-GeP, 2(1), 03-25.

Brown, T. (2010). Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. Rio de Janeiro: Elsiever.

Carrasco, L.C., de Souza Nunes, M.A., Cerqueira, C.E.M., & da Costa Rosas, T.M. Uma análise da aplicação do Business Model Canvas-BMC a partir da visão de empreendedores que se encontram em diferentes fases do negócio-uma experiência da incubadora de empresas e projetos do Inatel. In: XXIX Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas, Belém, PA, Brasil. Disponível em http://www. anprotec. org. br/Relata/ArtigosCompletos/ID, 20164.

Cassiolato, J.E., & Szapiro, M. (2003). Uma caracterização de arranjos produtivos locais de micro e pequenas empresas. In: Pequena empresa: cooperação e desenvolvimento local. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 35-50.

Casarotto Filho, N., Minuzzi, J., & dos Santos, P.D.C.F. (2016). Competitividade sistêmica de distritos industriais no desenvolvimento regional: uma comparação. Revista da FAE, 9(2).

Cavalcanti, C.M.C. (2015). Contribuições do Desing Thinking para concepção de interfaces de ambientes virtuais de aprendizagem centradas no ser humano (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Carvalho, G.D.G., Silva, W.V., Póvoa, Â.C.S., & Carvalho, H.G. (2015). Radar da inovação como ferramenta para o alcance de vantagem competitiva para micro e pequenas empresas. RAI Revista de Administração e Inovação, 12(4), 162-186.

Heinrichs, J.H., & Lim, J.S. (2003). Integrating web-based data mining tools with business models for knowledge management. Decision Support Systems, 35(1), 103-112.

Lastres, H.M.M., Arroio, A., & Lemos, C. (2003). Políticas de apoio a pequenas empresas: do leito de Procusto à promoção de sistemas produtivos locais. In: Lastres, H.M.M. et al. Pequena Empresa: cooperação e desenvolvimento local. Rio de Janeiro: Relume Dumará.

Lobosco, A., & Maccari, E.A. (2014). Estudo do modelo de negócios das incubadoras de empresas brasileiras e portuguesas com foco na autossustentabilidade de incubadoras de empresas de base tecnológica. In: XVII Semead - Seminários em Administração. São Paulo, Brasil.

Macedo, M.A., Miguel, P.A.C., & Casarotto Filho, N. (2015). A Caracterização do Design Thinking como um Modelo de Inovação. RAI Revista de Administração e Inovação, 12(3), 157-182.

Morris, M., Schindehutte, M., & Allen, J. (2005). The entrepreneur's business model: toward a unified perspective. Journal of business research, 58(6), 726-735.

Orofino, M.A.R. (2011). Técnicas de criação do conhecimento no desenvolvimento de modelos de negócio.

Osterwalder, A., & Pigneur, Y. (2011). Business Model Generation: Inovação em Modelos de Negócios.

Overby, S. (2017). How design thinking can transform IT outsourcing. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2017.

Pereira, M.F., Grapeggia, M., Emmendoerfer, M.L., & Luis Três, D. (2009). Fatores de inovação para a sobrevivência das micro e pequenas empresas no Brasil. RAI-Revista de Administração e Inovação, 6(1).

Pinheiro, T., & Alt, L. (2011). Design Thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para as pessoas, negócios e sociedade. Rio de Janeiro: Elsevier.

Rocha, M. (2008). Microempresas no Brasil: análise do período de 1984 a 2005. REAd-Revista Eletrônica de Administração, 14(2).

Santos, D.F., Pescador, S.V.B., Silva, W.V., Del Corso, J.M., & Gimenez, F.A.P. (2014). Micro e pequenas empresas: um estudo bibliométrico dos artigos apresentados no Enanpads de 1999 a 2009. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 12(2), 631-647.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2017.

Tschimmel, K. (2012, January). Design Thinking as an effective Toolkit for Innovation. In: ISPIM Conference Proceedings (p. 1). The International Society for Professional Innovation Management (ISPIM).

Vianna, M. (2012). Design Thinking: inovação em negócios. Design Thinking.

Wang, Y. (2009, September). Knowledge-Intensive Service Business Model Research from Innovative Perspective. In: Management and Service Science, 2009. MASS'09. International Conference on (pp. 1-3). IEEE.




DOI: https://doi.org/10.20397/2177-6652/2019.v19i1.1275

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Gestão & Tecnologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.